Policial Militar solidariza-se com jovem desempregado


“Domingo (15), o Soldado Gustavo, do 27º Batalhão de Polícia Militar Metropolitano, realizava o patrulhamento quando foi acionado para "retirar" um garoto das proximidades de um estabelecimento comercial. Segundo os proprietários, o garoto que estava incomodando ao pedir dinheiro para seus clientes. No local, o Policial Militar percebeu que o garoto estava com fome e ofereceu um lanche. Depois de alimentado, o rapaz ainda disse que queria uma oportunidade para ganhar seu próprio dinheiro. Sensibilizado, o soldado Gustavo foi até um mercado, comprou uma caixa de isopor e algumas garrafas de água e propôs uma oportunidade para o garoto conseguir seu próprio sustento e, com isso, não passaria mais vergonha. Horas depois, o soldado Gustavo passou onde o garoto estava e ficou sabendo que ele já havia vendido tudo e tinha comprado mais água para continuar suas vendas. Parabéns ao soldado Gustavo.”

Via @SãoPaulodaDepressão / Razões Para Acreditar

Casal de PMs são detidos quando de serviço dormiam em motel


Dois policiais militares foram detidos na madrugada desta quinta-feira (19), suspeitos de terem abandonado o serviço. Eles foram encontrados em um motel no bairro do Parque Verde, em Belém, no horário em que deveriam estar em plantão nas ruas.
De acordo com a Corregedoria a Polícia Militar, o flagrante ocorreu após denúncia. O sargento e a soldada, do 24º Batalhão, foram encontrados dormindo no motel. O casal foi autuado por dormir em serviço, abandono de posto e prevaricação, que é o crime cometido por funcionário público quando, indevidamente, deixa de praticar ato de ofício visando satisfazer interesse pessoal.
De acordo com a Corregedoria, os militares serão encaminhados para o Centro de Reclusão Coronel Anastácio das Neves, no Complexo Penitenciário de Santa Izabel, no Distrito de Americano, e serão submetidos à Audiência de Custódia nas próximas 24 horas.
Os policiais foram conduzidos até a Corregedoria para início dos procedimentos legais. Um outro membro da guarnição teria sido levado para servir de testemunha.

Fonte: G1

PMs fazem ato de solidariedade em Juazeiro do Norte Ceará



Hoje em uma abordagem na casa de um indivíduo  na rua do Rosario, nos deparamos com o pequeno Davi, a mãe do mesmo veio nos falar que ele era fã do RAIO. Indagamos ela a respeito desse tampão no olho dele, e ela falou que foi uma queda quando era menor, vindo assim a perde quase que totalmente a visão do olho esquerdo, e comprometendo também o olho direito. Falou também que já tinha corrido atrás de vereador e prefeito atrás de um óculos, porque ele precisava urgentemente, pois corria o risco de perde a visão de vez e a família não tinha condições, pois custava em torno de 1000 reais. Nossa equipe, ⚡RAIO 02, se comprometeu em ajudar de alguma forma na compra desse óculos, e graças a nosso bom Deus, um guerreiro de um ótica de Juazeiro irá fazer a doação desse óculos para o pequeno Davi não perder a visão.


Ceará: Mais de mil PMs são afastados por ano para tratamento psiquiátrico

Imagem: Tático Total Police 



Mais de mil PMs são afastados, por ano, para tratamentos psiquiátricos no Ceará

 Uma rotina de trabalho, muitas vezes, cercada pelo pensamento: matar ou morrer? Quando um policial militar se forma, ele jura servir à pátria "mesmo com o risco da própria vida". A escalada da violência no Ceará foi acompanhada diretamente pelo aumento de militares, da Corporação do Estado que precisaram se ausentar das suas funções devido a licenças médicas para tratamentos psiquiátricos.

De acordo com dados da Associação de Praças da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar do Ceará (Aspramece), de janeiro de 2015 até agosto de 2019, pelo menos, 5.188 policiais militares foram afastados devido a transtornos mentais - uma média superior a mil casos anualmente. Neste ano, já são 840 licenças para tratamentos psiquiátricos, número que supera os 761 afastamentos de 2018.

Para a Aspramece, os números elevados são resultado de décadas de omissão do Poder Público. Quem vivenciou o desequilíbrio emocional enquanto PM também garante que se sentiu desimportante perante seus superiores na Corporação. "Eu entregava atestado assinado pelo psiquiatra e era humilhado. Diziam que eu estava enrolando para faltar o serviço".

A fala é de um soldado, atualmente reformado. Sob a condição de não ser identificado, o homem que esteve na ativa durante uma década, conta que sofreu perseguição e que os oficiais não deram a devida atenção ao seu problema de saúde. "Minha vida era normal e depois fiquei estressado com o meu serviço. Sofri muita humilhação. Não era respeitado. Precisei de ajuda porque já vinha perdendo o controle e discutindo com os meus chefes", disse o militar.

O PM precisou de diversas licenças até conseguir ser reformado. Ele recorda que chegou a ser atendido uma vez por um psiquiatra no antigo Hospital da Polícia. Depois disso, nunca mais encontrou vaga para o atendimento. Com o passar do tempo e ainda em serviço, começou a ser acompanhado por profissionais do Centro de Atenção Psicossocial (Caps). Então, veio o diagnóstico médico: esquizofrenia.

"Nos consultórios, eu comecei a ouvir que eu tinha mania de perseguição. Sempre achava que tinha alguém atrás de mim querendo me matar. Com um tempo eu admiti a verdade. Eu poderia ter crescido na Corporação. Quem sabe hoje seria um tenente? Nunca usei drogas, não bebia... Eu não tinha mais vontade de fazer nada. É um serviço muito estressante, muito desgastante e com muita preocupação, inclusive com a nossa própria vida, sem saber quando o bandido que a gente prendeu ia ser solto e se ia atrás da gente. É claro que tudo isso mexe muito com a cabeça", contou o policial militar.

840
Licenças para tratamentos psiquiátricos contabilizadas apenas em 2019, segundo a Aspramece. O número já supera os 761 afastamentos de todo o ano passado
Clamor

A Aspramece afirma que a solicitação de apoio psicológico e psiquiátrico para os policiais militares é um pedido antigo e que, devido ao descaso, tem consequências que vão além do afastamento, indo do déficit de militares nas ruas até a medida mais drástica: o suicídio. O sargento Pedro Queiroz, diretor da Associação, pontua que em 2019 sete policiais militares do Ceará se suicidaram.

O 13° Anuário Brasileiro de Segurança Pública, referente aos dados do ano passado, aponta que em 2018 foram dois policiais militares que se suicidaram no Ceará. Segundo ele, a omissão faz com que o problema se ramifique e chegue também a um outro dilema, a drogadição na Polícia.

"Antes, era o álcool que liderava a patologia de dependência química. Agora, eles começam nas drogas lícitas e se aprofundam. Como não temos um equipamento para tratamento contínuo destes PMs, eles acabam no atendimento ambulatorial, sem recuperar o psíquico.

Nós temos notícias também que os medicamentos tarja preta são muito utilizados pelos nossos colegas. Não conseguimos relatar um percentual sobre a drogadição, mas sabemos que os números aumentam. O policial vai se vendo em uma situação de abandono de todos os lados e então acontecem os suicídios", afirmou Queiroz.

861
Atendimentos psicológico pela Abips no primeiro semestre de 2019
A Associação pontua que os números não mentem e demonstram a necessidade de continuar a luta em prol de ajuda à saúde mental dos servidores: "quem não adoece sendo submetido a situações traumáticas internas e externas durante sua atividade profissional?", indaga.

Segundo a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), a Assessoria de Assistência Biopsicossocial (Abips) realiza o trabalho de acolhimento dos profissionais de segurança que necessitam de atendimentos especializados de saúde, com apoio de psicólogos e assistentes sociais.

Por nota, a Pasta informou que ainda para o segundo semestre deste ano, o atendimento especializado deve aumentar, quando a Abips passará a contar com psiquiatras e fisioterapeutas. A Secretaria explica que a Abips está em fase de ampliação para o Interior do Estado e Núcleos Biopsicossociais devem ser instalados em cada Área Integrada de Segurança (AIS).

Ainda de acordo com a SSPDS, a Abips realiza atendimentos de saúde aos policiais civis e militares, peritos forenses e bombeiros militares, em seus locais de trabalho. A Secretaria elencou que no primeiro semestre de 2019 foram registrados 861 atendimentos psicológicos e 130 atendimentos sociais para este público.

Sobre as ações voltadas a combater especificamente a drogadição na Polícia, a Pasta pontuou que "está em desenvolvimento, agora, um projeto capitaneado pela Assessoria, em parceria com as vinculadas, com a criação de grupos de sensibilização para detectar o uso de substâncias psicoativas entre os efetivos das corporações.

A iniciativa visa avaliar a saúde física e psíquica dos agentes, na busca de cuidar dos que estejam adoecidos e prevenir o surgimento de novos adoecimentos", concluiu a SSPDS.

FONTE: DIÁRIO DO NORDESTE 

A história de um PM que mudou as condições de trabalho da Polícia Militar de SC


Um Dia de Fúria. 

Conheça a triste história do policial Silvio Roberto Vieira e o seu ato de desespero em frente às câmeras, que alterou para sempre as condições de trabalho dos militares catarineses. 

O militar, cansado das condições de trabalho e abalado psicologicamente, invadiu um programa de TV, portando 5 revólveres e ameaçou tirar a própria vida em frente às câmeras, em Florianópolis, em 1986. 

A vida do policial brasileiro nunca foi fácil, principalmente durante os anos 80, período de recessão econômica e muitas mudanças políticas. As intensas horas trabalhadas, pressão nas ruas, hierarquização rígida, proibição do direito à greve, confrontos com armas de fogo e falta de acompanhamento psicológico, faziam e ainda fazem com que o policial viva um cotidiano estressante e extenuante, transformando-o em um grupo de risco para o desenvolvimento de transtornos psicológicos. O desenrolar de muitos desses problemas ocorre no trabalho, na vida pessoal e até mesmo nos meios de comunicação, como ocorreu no dia 12 de maio de 1986.

Era começo de noite de uma segunda-feira, quando o âncora Roberto Alves, da  TV Cultura de Florianópolis, que apresentava o programa esportivo conhecido como Terceiro Tempo, foi  surpreendido por um homem negro, vestindo farda da polícia militar e armado com cinco revólveres calibre 38. 

O policial Silvio estava desesperado, disse que não aguentava mais as condições de trabalho e salário.  Com o que ganhava não dava conta de dar o mínimo de dignidade para os seis filhos. A pressão era nítida em seus olhos, Silvio chegou a fazer roleta russa enquanto chorava e dizia: "Não aguento mais, eu não aguento mais". O programa continuou no ar, mesmo com toda essa terrível situação. Nos quase 30 minutos que durou a situação, o soldado chamou o então governador do estado, Espiridião Amin, de vagabundo. O político, querendo dar fim à situação, enviou oficiais da polícia e o chefe de Silvio para a porta do estúdio. 
O apresentador e comentaristas do programa conseguiram, gradualmente, acalmar Silvio, que acabou, em um determinado momento, trocando os revólveres pelo microfone, através do qual pôde expor a situação, ele explicou que um grupo de policiais tinha se organizado para fazer protesto, mas só ele, movido por coragem e desespero, adentrou no programa.

O ato de desespero de Silvio terminou com a entrada de um Coronel da PM que, ao sentar ao seu lado, enfiou a arma em sua boca e ordenou que se rendesse. A imagem daquele homem negro, fardado, chorando de desespero e com uma arma na boca correu o mundo. A imprensa internacional divulgou o dia de fúria de Silvio, a opinião pública ficou do lado dele. Os apresentadores acompanharam o policial desesperado até o batalhão, e insistiram que se os superiores usassem violência, eles denunciariam ao vivo qualquer violação dos direitos de Silvio, pois consideravam-no um herói, que estava ali apenas para denunciar o péssimo tratamento fornecido pelo Estado aos agentes da lei, durante programa de TV. 

Após o ocorrido, a polícia militar de Santa Catarina passou por reformas (longe das ideais) e melhorou significativamente as condições de trabalho e salários dos soldados e oficiais.

Silvio foi expulso da corporação, condenado a quatro anos de prisão, que cumpriu em regime aberto. Antes de ser liberado, porém, no dia 13 de maio, dia da abolição da escravidão, Silvio foi colocado na solitária só de cueca, em mais uma demonstração de autoritarismo de seus superiores. 
Sem emprego, e entregue à bebida, ele passou a se oferecer para cortar grama em casas das áreas nobres de Florianópolis. Em 2018, uma reportagem da TV Record mostrou que Silvio estava cursando a faculdade de Direito, pois conseguira uma Bolsa, e vivia em uma pequena e simples kitnet.  A família afirma que depois do episódio, o ex-soldado nunca mais se recuperou e teve envolvimento com drogas. Em reportagem para a UOL, sua filha afirmou que ele está debilitado, com sérios problemas mentais. A família aguarda recuperação. 




Dois homens e uma mulher são executados à bala em Maranguape




MARANGUAPE

Dois homens e uma mulher foram executados dentro de uma casa localizada no residencial Amanarí, mais conhecido como "Babilônia", no distrito de Amanarí.
As vítimas foram pre identificadas como sendo Adilson, Fabiana e um terceiro identificado apenas como "Chiquinho".
Imagens do local do crime que circulam nas redes sociais é possível vê que ambas as vítimas foram mortas com vários tiros na cabeça. O crime ocorreu por volta das 19h deste domingo (15).

População de Aracati vai às ruas em defesa de PMs do BPRAIO afastados das funções









A população de Aracati ontem foi às ruas protestarem contra o afastamento de alguns militares BPRAIO que foram afastados após abertura de processo disciplinar o fato de referido processo foi logo após suspostas mortes de bandidos que entraram em confronto com patrulhas de aludido Batalhão. Os moradores desejam o retorno dos PMs às ruas a fim de combater o crime reduzindo assim o alto índice de criminalidade. 

Acusado de matar jovem na presença de filho é preso em Caucaia



PRESOS PELA POLÍCIA HOMEM ACUSADO DE MATAR ADOLESCENTE EM CAUCAIA/CE

A Polícia prendeu o acusado de matar a adolescente Yara Cardoso em uma praça no Bairro Picuí, em Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza, na noite da última quarta-feira (11), Alex Mendes Dias, de 19 anos, foi capturado em casa, na noite dessa quinta-feira (12), e levado para a Delegacia Metropolitana de Caucaia. Em depoimento, ele confessou participação no crime, mas disse que foi um comparsa quem atirou na adolescente.

O rapaz revelou ser integrante de uma facção criminosa. A Polícia agora trabalha para prender o outro envolvido no homicídio.

A Yara estava passeando com a filha de quase dois anos em uma praça na rua Pedro Alves de Menezes, quando um veículo parou no local e um homem atirou contra ela. A criança não ficou ferida.

Caucaia: Após ser posta de joelhos jovem é assassinada na frente do filho



Jovem é executada na frente da filha de dois anos em praça no Conjunto Metropolitano em Caucaia

Uma jovem identificada por Ayara Cardoso, foi assassinada na Rua Pedro Alves de Menezes no Conjunto Metropolitano, popularmente conhecido por Picuí, em Caucaia, na noite desta quarta-feira, (11).

Segundo populares, Ayara passeava na praça com a filha de apenas dois anos de idade em um carrinho de bebê, quando foi executada por dois homens que se aproximaram a pé.

O carrinho de bebê ficou ao lado do corpo caído ao solo, a criança não foi atingida.

Os motivos do crime são desconhecidos e até a publicação desta matéria ninguém tinha sido preso.

Perícia Forense e Polícia Militar estiveram no local adotando providências legais.

PM da Paraíba homenageia cantor Jackson do pandeiro no 7 de setembro


Jackson do Pandeiro, o notável artista brasileiro, faria 100 anos de idade neste 2019
A Polícia Militar da Paraíba fez uma marcante homenagem ao cantor e compositor Jackson do Pandeiro, no ano em que se comemora o centenário de seu nascimento. Nascido no Município de Alagoa Grande, José Gomes Filho foi um dos mais importantes artistas brasileiros, especialmente na Música. 
Trinta e sete anos após sua morte, em julho de 1982, em Brasília, o grande artista nordestino teve uma de suas principais músicasde sucesso entoada pela Banda de Música da PM Paraibana durante o desfile de 7 de Setembro, realizado nas ruas de João Pessoa no último sábado (7). Confira no vídeo aciman, a homenagem da PM baiana ao compositor. A música escolhida pelos militares foi o sucesso: "O Canto da Ema"
Veja a letra da música "O Canto da Ema:
A ema gemeu
No tronco do juremá (2x)
Foi um sinal bem triste, morena
Fiquei a imaginar
Será que o nosso amor, morena
Que vai se acabar?
Você bem sabe
Que a ema quando canta
Vem trazendo no seu canto
Um bucado de azar
Eu tenho medo
Pois acho que é muito cedo
Muito cedo, meu benzinho
Para esse amor se acabar
Vem morena (vem, vem ,vem)
Me beijar (me beijar)
Dá-me um beijo (dá-me um beijo)
Pra esse medo (se acabar)

FONTE: Blog do Fernando Ribeiro 


Militar da Aeronáutica reage assalto e mata bandido em Fortaleza



Um oficial da aeronáutica reagiu a uma tentativa de assalto onde  um suspeito identificado como Victor Hugo, de 19 anos foi atingidio e  veio a óbito, nesta segunda-feira (9) na rua.Cruzeiro do Sul, no bairro Carlito Pamplona, em Fortaleza. Ele é suspeito de participar de uma série de assaltos.

De acordo com a Polícia, Vitor Hugo estava na companhia de outra pessoa realizando assaltos na região, uma vítima teria reagido à ação da dupla e efetuado disparos de arma de fogo. O suspeito foi atingindo e morreu no local, já o outro suspeito conseguiu fugir na moto que estava usando para realizar os assaltos.

A Polícia Militar informou que Victor estava em liberdade há 8 dias e tinha passagem pela Polícia por tráfico de drogas. 

A Polícia continua com as investigações para tentar capturar o segundo suspeito que estava realizando assaltos com a vítima no Carlito Pamplona.

O oficial da aeronáutica que reagiu à ação criminosa, se apresentou no 1º distrito policial e prestou depoimento informando o que teria ocorrido.



Socorristas voluntários são executados à bala em Fortaleza



Dois socorristas voluntários foram mortos enquanto abasteciam um automóvel em um posto de combustível, na avenida José Bastos, no bairro Rodolfo Teófilo, em Fortaleza. O caso foi registrado na noite desse domingo, 8.
A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informou que os criminosos estavam em dois carros e efetuaram tiros contra as vítimas, que estavam em um Fiat Siena. Carlos Augusto Cruz da Rocha, de 28 anos, e o Mateus Oliveira Alves, de 25 anos, não tinham antecedentes criminais. Equipes policiais e a Perícia Forense estiveram no local. O duplo-homicídio está sendo investigado. Um inquérito policial foi instaurado.

A SSPDS divulga que informações podem contribuir com os trabalhos policiais e que as denúncias podem ser realizadas pelo número 181, o Disque-Denúncia da SSPDS, para o ‪‪(85) 3257-4807, do DHPP, ou ainda para o número ‪‪‪(85) ‪99111-7498, que é o WhatsApp do Departamento, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem. O órgão garante o sigilo e o anonimato.

Bandidos assaltam casa de vereador e matam caseiro em Baturité


Sessão na Câmara de Vereadores de Baturité é encerrada na noite desta segunda-feira (09), após o anuncio de assalto na localidade de Candeia São Sebastião, na residência do vereador Gildo Barros, o caseiro foi morto após cinco elementos realizarem um limpa na casa.
A Policia do Maciço de Baturité realiza operação para conseguir chegar aos assaltantes que invadiram a residência de um vereador na localidade de Candeia São Sebastião, zona rural de Baturité, após a ação de realizarem um limpa na casa, mataram o caseiro e fugiram em seguida.
Dia de sessão na casa legislativa de Baturité, sessão que acontecia no momento da ação criminosa e ao ser comunicada do assalto com óbito a presidente da reunião parlamentar  a vereadora Simony Feitosa no encerramento do encontro dos parlamentares municipais lamentou o ocorrido. Um forte esquema policial se encontra na região em busca de localizar os homens que invadiram a casa do vereador Gildo Barros.
O caseiro que não teve o nome divulgado foi morto durante o assalto. A Policia imediatamente compareceu a localidade e já se encontra realizando diligências na tentativa de conseguir localizar os homens que realizaram o latrocínio.

Adolescente de 14 anos é executado à bala no distrito de Torto em Sobral

Vitima

Por volta de 16:00 horas deste domingo um adolescente de 14 anos foi assassinado em uma quadra de esportes na localidade de Torto em Sobral. Segundo informações de populares são de que a vítima teria um relacionamento com uma garota que seria namorada do criminoso. A vitima teria sido atingida com um tiro no rosto, policiais militares destacados em Rafael Arruda estão em diligências visando capturar o menor autor do delito. 

Policial que foi hostilizado por jornalistas é homenageado na Bahia



O Soldado da Policia Militar da Bahia, SD Sakuyama, que prendeu um elemento que estava roubando um supermercado em Itabuna, no Sul da Bahia, e teve a sua ação interrompida por uma jornalista e seu esposo, que saíram em defesa do bandido, tentando expor o policial ao vexame. 
Foi no mês de Agosto eleito o Destaque Operacional do 15°BPM.

Comando da PM do Ceará investigará comportamento de policial feminina


Comando da PM vai apurar suposto vídeos sensual de uma soldado que exibe arma e dança seminua

Sindicância vai apurar comportamento da PM. Ela já foi transferida do BPChoque
O Comando-Geral da Polícia Militar do Ceará publicou nesta segunda-feira (2) em seu Boletim (BCG) a instauração de uma sindicância disciplinar e a transferência de uma policial cujas imagens circularam nas redes sociais em situações que comprometem a imagem e reputação da instituição.
Segundo o Blog do Jornalista Fernando Ribeiro, a soldado PM teve imagens sensuais replicadas em diversos grupos do aplicativo WhatsApp. Em um deles, aparece dançando semi-despida. Em outra, está em um carro exibindo armas e cantando músicas de apologia ao crime.
Um terceiro vídeo mostra novamente a militar em um ambiente que parece ser uma boate, onde está na companhia de jovens ingerindo bebidas alcoólicas e novamente “sensualizando”. Ao tomar conhecimento do fato, que teve ampla repercussão entre os colegas de fardas e repercutiu em programas policiais na tevê, o Comando da Corporação tratou de tomar providenciais legais.

No Boletim do Comando Geral (BCG) desta segunda-feira (2), saiu a transferência da soldado

Transferida

Em nota no BCG, foi nomeado o major PM para instaurar a sindicância que vai apurar os fatos, “dada a grande repercussão no seio da Corporação, envolvendo supostos militares, apontando, em tese, conduta inadequada e esperada de policiais militares”. Ainda de acordo com a publicação, o sindicante tem prazo de 72 horas para receber a documentação (material publicado) e iniciar o trabalho apuratório, com prazo de 30 dias para sua conclusão.
Em outra parte do Boletim Geral do Comando (BCG) de 2 de setembro, o Comando-Geral publica a primeira medida punitiva contra a soldado. Ela foi transferida da 3ª Companhia do 1º Batalhão de Policiamento de Choque (BPChoque) para o 18º BPM.