sábado, 31 de maio de 2014

Sobral Ceará: Bandidos resgatam infratores de Núcleo de recuperação de menores

Vários bandidos realizaram o resgate de vários menores infratores do "Núcleo de Menores" de Sobral. O resgate aconteceu agora (31), por volta das 12h20. Informações iniciais dão conta que vários bandidos em um veículo da marca VW Gol de cor prata chegaram armados com armas de fogo no núcleo, renderam os funcionários e fizeram o resgate.

Ex Escrivã de Polícia Civil que teve a calça e a calcinha arrancadas em uma delegacia é absolvida

  A ex-escrivã que teve a calça e a calcinha arrancadas em uma delegacia em Parelheiros, Zona Sul de São 
Paulo, em junho de 2009, foi absolvida pela Justiça da acusação de receber propina. Vanessa Lopes, de 32 anos, também ganhou processo por danos morais conta o governo de São Paulo. Foi estipulada indenização de R$ 30 mil. Ambas as decisões cabem recurso.
O caso ganhou repercussão em 2011, quando o vídeo da ex-policial tendo a roupa arrancada por agentes da Corregedoria da Polícia Civil vazou na internet. Nas imagens, é possível ver Vanessa sentada enquanto ouve sucessivos pedidos para que tire a roupa por causa da suspeita de que tenha escondido nas roupas íntimas o dinheiro de propina. Após ter a roupa retirada, o dinheiro foi encontrado e a mulher foi detida.
Em decisão publicada em 5 de maio, o juiz Antonio de Oliveira Angrisani Filho afirma que houve “violação ao direito da mulher investigada”. “Se sequer o homem pode tocar o corpo da mulher para a realização da busca, conquanto mais desnudá-la. Se foram apreendidas ou não as cédulas previamente xerocopiadas na posse da ré é fato a ser considerado como inexistente nos autos pela notória nulidade da prova.” Procurada, a Secretaria da Segurança Pública (SSP) informou que não irá comentar a decisão.
Vanessa respondeu a processo administrativo e foi exonerada da Polícia Civil em outubro de 2010. De acordo com seu advogado, Fabio Guedes Garcia da Silveira, a ex-escrivã quer, agora, voltar à Polícia Civil. Um novo processo para sua readmissão deve ser iniciado.
Investigação
O caso começou quando um homem envolvido em um inquérito no 25º Distrito Policial da capital, em Parelheiros, procurou o Ministério Público para denunciar a ex-escrivã. Segundo ele, a mulher havia pedido uma quantia em dinheiro para livrá-lo de investigação de posse ilegal de munições. O MP, então, acionou a Corregedoria, que prosseguiu com a investigação.
O homem foi orientado a negociar com a ex-escrivã. Após receber o dinheiro, a policial foi abordada e a gravação foi iniciada. De acordo com a Corregedoria, o vídeo tem mais de 40 minutos e mostra toda a negociação para que a mulher entregasse o dinheiro, considerado a prova do crime. A gravação foi feita, segundo o órgão, “para a garantia de todos”.
Imobilizada, ela pediu para que uma agente mulher a revistasse. Após discussão, os policiais decidiram tirar sua calça à força, apesar dos gritos da mulher para que não a expusessem. Um agente retirou quatro notas de R$ 50 das roupas íntimas. “Na hora, senti desespero, acuada por aqueles homens, em uma situação humilhante. Na hora que tiraram a minha roupa, eu pedi pelo amor de Deus para não filmar a minha intimidade. Foi uma violência; como mulher, fui violentada”, disse em 2011, ao G1, a ex-escrivã.
Após o vídeo ser divulgado, os corregedores que participaram da ação foram afastados pelo então secretário da Segurança Pública, Antonio Ferreira Pinto.


VIA BLOG COMBATE POLICIAL

Fortaleza: Operação do Cotam prende suspeitos de matar homem e ferir PM

Horas após o crime os suspeitos foram encontrados. FOTO: Kiko Silva

Dois suspeitos de envolvimento no homicídioque teve como vítima Jonnatan Ferreira da Silva, 27 e feriu o sargento Francisco Eudes Odorico de Sousa na tarde desta sexta-feira (30) foram detidos durante uma operação do Comando Tático Motorizado (Cotam), do Batalhão de Choque, horas depois do crime, na comunidade do cinquentinha, bairro Tasso Jereissati.


De acordo com informações do sargento PM Jonnes, José Luciano Batista, 24, foi preso e um adolescente de 16 anos apreendido. A arma utilizada no crime, uma pistola 380, foi apreendida, além de uma pistola calibre .45 e meio quilo de maconha.


Luciano responde na Justiça por porte ilegal de arma de fogo. A Polícia ainda procura um terceiro suspeito, que possui envolvimento direto no crime. Francisco Erinaldo da Silva, 35, ainda não foi detido.


As composições 4020, 4019, 4040 e 4021 foram responsáveis pela operação que terminou na prisão e apreensão. Participaram da ação os cabos PM Marcione, Marco, Jerônimo, Valdemir. Além dos soldados, Daniel, Sousa, João Neto, Fontenelle e Ribeiro.


O adolescente será levado à Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA) e o adulto ao 30º DP (São Cristovão).

Sargento foi vítima de bala perdida

O sargento Francisco Eudes Odorico de Sousa jogava dominó no mercado do bairro quando chegaram indíviduos suspeitos que pretendiam executar um desafeto. O alvo do crime estaria próximo ao policial militar. O tiro atravessou a vítima Jonatan Ferreira da Silva, 27, que morreu no local, e também feriu o sargento F. Sousa no lado direito da costela. De acordo com informações do supervisor do Comando de Policiamento da Capital (CPC), major PM Océlio Alves, o sargento estava desarmado e foi vítima de bala perdida.

sexta-feira, 30 de maio de 2014

Prisco tem prisão revogada e será solto na segunda

FONTE: BAHIA 247

: Depois de 40 dias preso no Complexo Penitenciário da Papuda, em Brasília, o vereador de Salvador Marco Prisco (PSDB) teve prisão revogada nesta noite pelo juiz substituto da 17ª Vara Federal, Fábio Roque; apesar da liberação, o tucano só será solto na segunda-feira (2) por causa do pagamento de sua fiança, que deverá ser feito na 'boca do caixa' em horário de expediente bancário. Valor da fiança é de 30 salários mínimos, o que equivale a aproximadamente R$ 21 mil

Adolescente de 17 anos é executado em salão de beleza na Cidade dos Funcionários

Um adolescente de 17 anos foi executado na tarde desta quinta-feira (29) dentro de um salão de beleza no bairro Cidade dos Funcionários, em Fortaleza. O menor foi identificado como Antonio Ricardo Costa Júnior, 

Ele estava cortando os cabelos em um salão localizado entre as avenidas José Leon e Desembargador Gonzaga, quando um homem invadiu o estabelecimento e efetuou vários disparos contra a cabeça da vítima.

Segundo a Polícia Militar, um veículo dava apoio ao atirador. Até o final da noite desta quinta-feira, os responsáveis pelo crime não haviam sido identificados.

FONTE: CEARÁ NEWS7

Policiais militares vão de trem atuar em manifestação no Centro do Rio



Rio - Os policiais militares que atuam no protesto contra a Copa do Mundo que ocorre na noite desta sexta-feira no Centro do Rio chegaram ao local da manifestação de uma maneira inusitada. Nada de ônibus da corporação.

Eles viajaram fardados nos trens da Supervia, muitos em pé. Passageiros relataram nas redes sociais a situação diferente "Não tá fácil para ninguém, tá cheio de PM no trem indo pra Central", escreveu uma passageira no Twitter.

"Policiais indo de trem para a manifestação hoje. Mas não apresentaram o esquema e equipamentos de segurança? Cadê os ônibus?", escreveu um leitor de O DIA pelo Whatsapp

Sem querer se identificar, um policial descreveu o sentimento com a forma de deslocamento "Estou muito p@#% da vida".

A Polícia Militar foi procurada pela reportagem de O DIA , mas não respondeu sobre o motivo que levou a transportar os agentes nos trens da Supervia.

FONTE: JORNAL O DIA

Policial militar é baleado no bairro Tancredo Neves


Um homem morreu e um policial Militar foi baleado na tarde desta sexta-feira (30) no Tancredo Neves.

Segundo informações da polícia, o sargento Francisco Eudes Odorico Souza estava à paisana em uma mercearia quando dois homens a pé chegaram no local. A dupla iniciou os disparos para atingir um outro homem, mas o policial acabou sendo baleado. 

Ele levou um tiro no peito e foi socorrido por uma viatura do Batalhão de Policiamento de Eventos, que passava no local. O sargento foi levado para o Instituto Doutor José Frota (IJF).

De acordo com o hospital, o estado de saúde de Souza é estável. Ele realiza exames para verificar se há necessidade de realizar procedimento cirúrgico.

Jonatan Ferreira da Silva, de 27 anos, foi atingido com diversos disparos e morreu na hora. 

A polícia realiza diligências para localizar os autores dos disparos.

FONTE CNEWS

Polícia captura segundo suspeito de matar motorista de ônibus

Enterro


A polícia capturou na madrugada desta sexta-feira (30) o segundo suspeito de matar o motorista de ônibus Francisco Erivaldo Marinho e ferir o cobrador do mesmo veículo, Francisco Valderir Carneiro, a facadas, na noite da última quarta (28). O suspeito, maior de idade, foi encaminhado para a Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa de Fortaleza (DHPP), na Av. Aguanambi, onde espera para prestar depoimento.
 
 

Corpo de motorista morto em assalto a ônibus é sepultado no Ceará


O corpo do motorista Francisco Erivaldo Marinho, de 55 anos, foi sepultado no fim da manhã desta sexta-feira (30), no Cemitério Plano da Paz, em Maranguape, Região Metropolitana. Cerca de 400 pessoas participaram do cortejo que partiu da Paróquia Nossa Senhora das Graças, no Bairro Vila Manoel Sátiro e do Terminal de ônibus do Siqueira.

O corpo chegou ao cemitério por volta das 10h. Familiares e amigos prestaram uma série de homenagens ao motorista que se preparava para se aposentar no próximo mês agosto. Alunos da Escola Rui Barbosa, de Maracanaú, realizaram um protesto próximo ao cemitério pedindo para as autoridades mais segurança, paz e justiça.

"Faltavam três meses para ele se aposentar. Ele ligou para mim dizendo que queria morar comigo em Pacoti e sair dessa loucura. Ontem, ele falou comigo dizendo que ia fazer a última viagem do dia e fez mesmo", lamenta um dos cinco filhos da vítima, Vitor Ramalho.

De acordo com o filho do motorista, o pai era querido em todo o bairro onde morava e tinha grandes amizades. "Era um pai de família. Só fazia ir de casa para o trabalho, do trabalho para casa. Infelizmente, isso vai acontecer ainda com mais pais de família", afirmou.
 
FONTE: GI CE

Horizonte: Três mulheres são encontradas mortas em matagal no Ceará



                                               FOTO ILUSTRATIVA

A Polícia Militar encontrou, na madrugada desta sexta-feira (30), os corpos de três mulheres em um matagal, na comunidade de Canavieira do Muniz, em Horizonte, na Região Metropolitana de Fortaleza. De acordo com informações do Comando de Policiamento da Capital, (CPC), elas tinham sinais de espancamento e perfurações nos corpos.

Segundo a Polícia Militar, as vítimas trabalhavam na mesma empresa, uma funerária. Polícia também informou que as três mulheres apresentam idades entre 25 e 30 anos e estavam desaparecidas desde o início da tarde dessa quinta-feira (29).

A polícia acrescentou que nenhum objeto de valor foi roubado. A Delegacia Municipal de Horizonte (10° Região) investiga o caso.
FONTE: G1 CE

quinta-feira, 29 de maio de 2014

Primeiro trimestre deste ano teve 581 assaltos a ônibus em Fortaleza

Motoristas, cobradores e passageiros de ônibus em Fortaleza convivem com assaltos quase que diariamente nos coletivos da cidade. Somente de janeiro e março deste ano foram 581 casos registrados, segundo dados do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Ceará (Sindiônibus). Se comparado com o mesmo período do ano passado, o número teve uma queda. Em 2013 foram 587 no primeiro trimestre e 2528 de janeiro a dezembro. 


Os motoristas e cobradores de ônibus paralisam as atividades desde a noite da última quarta-feira, 28, em protesto contra a insegurança, depois que um motorista e um cobrador foram esfaqueados próximo ao terminal do Siqueira. Francisco Erivaldo Matos Marinho, 53 anos, condutor do veículo, não resistiu a uma cirurgia no Frotinha da Parangaba e morreu nesta quinta-feira. O cobrador Francisco Valderir Carneiro também está internado em estado grave no Instituto Doutor José Frota (IJF).

PM busca adulto envolvido na morte de motorista



Duas equipes do 17º batalhão, estão na área do Siqueira realizando buscas ao suspeito maior de idade que teria participação no crime ocorrido na noite da ultima quarta-feira(28), e que resultou na morte do motorista de ônibus Francisco Erivaldo.

Segundo informações do cabo Edilberto, uma equipe da Força Tática de Apoio (FTA) e uma equipe do serviço reservado estão em campo para tentar encontrar o homem. A polícia já tem a identificação do acusado mas mantém o nome dele em sigilo.

Para prendê-lo, as equipes da polícia estão se baseando nas informações fornecidas pelo menor apreendido na manhã desta quinta-feira(29), na Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA). Em depoimento, ele revelou que o participante da ação tem 35 anos, é moreno, de estatura baixa e apresenta uma deficiência em uma das pernas.

O homem era morador de rua e encontrou o menor em um ponto de ônibus. Juntos, eles teriam combinado a ação que resultou na morte do motorista. Segundo a polícia, o acusado que esta sendo procurado, é apontado como líder da ação.

Em depoimento ao delegado Ermesom Pompeu, o menor confessou que ele teria subido no ônibus e anunciado o assalto. Em seguida, quando tentava correr para fugir, o cobrador teve às costas e o braço atingidos por uma facada enquanto o motorista, foi abordado pelo homem que está sendo procurado. Seria ele o autor da facada que matou o motorista.

"caso este homem não seja encontrado pelas equipes na tarde desta quinta (29), amanhã as buscas continuam até que ele seja finalmente preso", disse cabo Edilberto.

Cobrador esfaqueado em Fortaleza não sente pernas, diz hospital


Entradas e saídas de terminais de ônibus foram fechadas por motoristas e cobradores em protesto. Esta é uma imagem do Terminal da Parangaba. (Foto: Ludigardo Oliveira/Arquivo Pessoal)

O cobrador Francisco Valderi Carneiro, ferido durante um assalto enquanto trabalhava na noite de quarta-feira (28), não sente as pernas, segundo informações do Hospital Instituto Dr José Frota (IJF) e passará por uma bateria de exames para detectar se está paraplégico.
Carneiro foi atingido por duas facadas nas costas e uma no braço. O motorista de ônibus Francisco Erivaldo Marinho, de 55 anos, morreu na manhã desta quinta-feira (29). Ele foi atingido por duas perfurações no tórax. Cobrador e motorista da linha da Parque Santa Maria/Siqueira (381) foram atacados pelos assaltantes quando trafegavam pela Avenida Osório de Paiva, no Bairro Siqueira.

FONTE: G1 CE

Trio a cavalo mata homem no Jangurussu

Um homem foi assassinado na avenida Permetral, no bairro Jangurussu, nesta quinta-feira (29).

De acordo com a Polícia, três homens montados em cavalos abordaram a vítima e atiraram diversas vezes. Sanderson Jansen Costa da Silva, de 26 anos, ainda recebeu atendimento do Samu, mas morreu no local. 

A mãe da vítima informou para a Polícia que Sanderson não trabalhava, era usuário de drogas e o motivo do crime pode ter sido por ele ter roubado um estabelecimento.

O homem era pai de um menino de cinco anos.

FONTE: CNEWS

Em Fortaleza Adolescente é detido por esfaquear motorista e cobrador



Um adolescente de 13 anos foi apreendido por suspeita de esfaquear o motorista e o cobrador de ônibus durante um assalto, na Avenida Osório de Paiva, no bairro Siqueira, em Fortaleza. Ele foi localizado pela polícia no bairro Bom Jardim, após denúncias anônimas. Ele foi levado para a Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA) e confessou o crime. A polícia continua as investigações para localizar outros dois suspeitos.

O motorista, identificado como Francisco Erivaldo Marinho, de 55 anos, não resistiu aos ferimentos e faleceu no Hospital Frotinha da Parangaba, após ser submetido à cirurgia. Já o cobrador Francisco Valdenir Carneiro, de 50 anos, está na emergência do Instituto Dr. José Frota (IJF), em estado grave. Como seus ferimentos foram nas costas, a equipe médica realiza exames para avaliar o trauma cervical do cobrador. 

Uma manifestação contra a insegurança teve início às 22h30, no Terminal do Siqueira. Os profissionais impediram a entrada e a saída de outros ônibus no local. Até o início da manhã desta quinta-feira (29), o terminal do Siqueira segue fechado. Além dele, de acordo com a Assessoria da Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor), todos os outros terminais também paralisaram as atividades nesta manhã.

Segundo informações da Polícia Militar, o cobrador e o motorista estavam trabalhando na linha Parque Santa Maria/Siqueira (381).

FONTE: CNEWS


O adolescente de 13 anos já tem três passagens, segundo a Polícia Civil: por roubo, tráfico de drogas e contravenção penal.
O POVO

Polícia captura acusados de resgatar presos do 18º DP


Image-0-Artigo-1623598-1

Três pessoas foram detidas ontem suspeitas de envolvimento no resgate de dez presos 18º DP (Jurema) na noite da última terça-feira. A operação da Polícia Civil teve início pela manhã e envolveu duas equipes da Delegacia de Narcóticos (Denarc), mais duas da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e uma de inspetores do 32º DP (Bom Jardim).

Os policiais realizaram as prisões na Comunidade da Paz, onde foram apreendidos crack e cocaína. A pistola do inspetor da Polícia Civil que foi roubada durante o resgate também foi recuperada, além de uma pistola 380. Duas motos foram apreendidas e levadas para o 32º DP.

As equipes chegaram com os detidos por volta das 16 horas. O procedimento foi realizado pelo titular do 32º DP, delegado Rudson Rocha, que preferiu não entrar em detalhes sobre a identificação dos presos e as circunstâncias das detenções.

De acordo com informações de um inspetor que participou da operação, um dos suspeitos teve envolvimento direto na invasão da delegacia e seria responsável por homicídios na área do Bom Jardim. Os policiais também apreenderam equipamentos eletrônicos. Parentes e amigos dos detidos foram para a Delegacia e tentaram intimidar a equipe de reportagem.

A reportagem apurou que envolvidos do caso do resgate dos presos do 19º DP (Conjunto Esperança) também foram identificados. A Polícia Civil deve divulgar hoje o resultado completo da operação.


Santa Quitéria: Delegado é afastado do cargo por suspeita de corrupção


O juiz José Valdecy Braga de Sousa determinou nesta quarta-feira (28) o afastamento do delegado da Polícia Civil de Santa Quitéria de suas funções, tendo em vista os fortes indícios de corrupção e má gestão administrativa. A decisão atende ao pedido do Ministério Público do Estado do Ceará, através dos promotores de Justiça Déric Funck Leite e Luciana Costa G. Pierre.

Na Ação Civil Pública por ato de improbidade administrativa, o MP requereu o afastamento imediato do delegado de Polícia, considerando a interrupção das ilegalidades cometidas, assim como a preservação das provas necessárias à instrução processual. Investigações apontaram que o próprio delegado estaria liberando veículos apreendidos sem ordem judicial, mediante a cobrança de “propina”.

Durante a vistoria na delegacia, foram verificadas outras ilegalidades e irregularidades, entre elas: veículos apreendidos que ficam depositados no pátio da delegacia de forma aleatória sem o mínimo de organização e cuidado; ausência de livro de controle de entrada e saída de veículos; armas e objetos apreendidos espalhados pelo chão do gabinete do delegado titular; ausência de livro de controle de apreensão e envio para perícia, no tocante as armas de fogo apreendidas e retidas na delegacia; bebidas alcoólicas no ambiente de trabalho, tais como garrafas de vinho e caixas de cervejas; e a apreensão de objetos sem a instauração de procedimento para apurar os crimes que revolvem a referida apreensão.

Outro grave problema detectado foi a enorme quantidade de crimes graves registrados apenas como boletins de ocorrências sem a devida instauração de inquéritos policiais, mesmo com elementos mínimos para a devida e regular apuração pela polícia civil.


O promotor de Justiça Déric Funck enfatiza que a omissão da Polícia Civil na investigação de crimes graves gera um sentimento de impunidade e, por consequência, o próprio incremento da criminalidade. Já Luciana Costa G. Pierre, titular da 1ª Promotoria de Justiça, destaca que o objetivo é apurar e punir as condutas ilegais ao mesmo tempo em que se propõe uma “revitalização” dos trabalhos da polícia civil no município de Santa Quitéria.


Na ação judicial por ato de improbidade movida pelo Ministério Público, foram formulados os pedidos de afastamento liminar do delegado de suas atividades, perda do cargo público, suspensão dos direitos políticos, multa civil de até 100 vezes o valor do salário recebido e suspensão do processo administrativo de aposentação do demando, acaso esteja em processamento.

FONTE: CNEWS

Fortaleza: Motorista morre após ser esfaqueado em assalto



Na noite dessa quarta-feira (28), um motorista e um cobrador foram esfaqueados durante um assalto, na Avenida Osório de Paiva, no Bairro Siqueira, em Fortaleza. O motorista, identificado como Francisco Erivaldo Marinho, de 55 anos, não resistiu aos ferimentos e faleceu no Hospital Frotinha da Parangaba, após ser submetido à cirurgia. Já o cobrador Francisco Valdenir Carneiro, de 50 anos, está na emergência do Instituto Dr. José Frota (IJF), em estado grave. Como seus ferimentos foram nas costas, a equipe médica realiza exames para avaliar o trauma cervical do cobrador. 

Uma manifestação contra a insegurança teve início às 22h30, no Terminal do Siqueira. Os profissionais impediram a entrada e a saída de outros ônibus no local. Até o início da manhã desta quinta-feira (29), o terminal do Siqueira segue fechado. Além dele, de acordo com a Assessoria da Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor), os outros terminais também paralisaram as atividades nesta manhã.

Segundo informações da Polícia Militar, o cobrador e o motorista estavam trabalhando na linha Parque Santa Maria/Siqueira (381).

Até o momento, ninguém foi preso.

FONTE: CNEWS

quarta-feira, 28 de maio de 2014

Quadrilhas atacam 26 municípios cearenses

aaQuadrilhas especializadas em assaltar bancos já atacaram 26 municípios cearenses, somente neste ano de 2014. Ao todo, já foram registrados 27 ataques - incluindo assaltos e tentativas de roubos a agências bancárias; explosões e arrombamentos de caixas eletrônicos. Destas cidades, em seis o atendimento bancário está suspenso, já que os prédios foram destruídos por explosões.

A última ação registrada no Ceará ocorreu na cidade de Pacoti, a 95 km de Fortaleza. Um bando formado por cerca de oito homens explodiu um posto avançado do Bradesco, instalado na Praça Coronel José Cícero Sampaio, no Centro daquela cidade, na madrugada de ontem. De acordo com a Polícia, os criminosos conseguiram levar o dinheiro, que estava nos caixas eletrônicos, abastecidos horas antes.

Conforme informações do capitão Celso, destacado na Cidade, a quadrilha estava em dois veículos, uma Saveiro, de cor vermelha, e um Siena. Durante a ação, uma parte do grupo se dirigiu para o destacamento da Polícia Militar, que fica há cerca de 100 metros do banco, e metralhou a fachada do prédio.

A Violência em números



O Brasil continua um dos países mais violentos do mundo. A nação atingiu, em 2012, a maior taxa de homicídios de que se tem registro desde 1980. Os dados estarão na nova edição do Mapa da Violência, estudo anual que detalha as mortes de causas externas no País. Segundo informações preliminares, ocorreram 56.337 assassinatos em 2012, o que contabiliza uma taxa de 29 ocorrências para cada 100.000 habitantes. Até então, o ano com maior incidência de homicídios na população brasileira havia sido 2003, quando a taxa foi de 28,9.

O Mapa da Violência é um dos mais importantes e sérios estudos sobre a questão no Brasil e toma como base o Sistema de Informações de Mortalidade (SIM) do Ministério da Saúde. Ainda de acordo com a análise preliminar disponível no site do Mapa, entre os anos de 2002 e 2012, os homicídios crescem 13,4%. A nova edição do Mapa ressaltará o crescimento significativo de vítimas de acidentes de trânsito nesses dez anos, quando foi registrado um aumento de 38,3%, passando de 33.288 registros no País para 46.581. Detalhe: nessa conta está entrando apenas as vítimas fatais, deixando de fora milhares de pessoas que saíram com sequelas físicas e psicológicas para o resto de suas vidas.

O Ceará, infelizmente, está mal na fotografia. Entre 2011 e 2012, o crescimento do número de homicídios no Ceará cresceu 36,5%, enquanto a aumento médio no Brasil foi de 7%. Os cearenses, no entanto, não precisam de nenhuma pesquisa para constatar o aumento crescente na violência, seja na Capital, seja no interior.

Os números estão na mesa. Agora, é preciso que as autoridades venham à tona e expliquem o motivo pelo qual, não obstante os investimentos em segurança pública, a violência está fora de controle, ceifando vidas de pais de famílias e de outros cidadãos de bem. A sociedade que paga seus impostos quer uma resposta, e já.

Fortaleza contará com mil novos policiais militares até a Copa


Mil policiais militares vão reforçar o efetivo de mais de 18 mil homens das polícias Civil e Militar de Fortaleza na segurança durante os jogos da Copa do Mundo. De acordo com a assessoria do governo cearense, a turma de novos agentes está concluindo o curso de formação e estará nas ruas a partir do dia da abertura do Mundial.

O órgão estadual de segurança pública informou ainda que 400 policiais civis estão em fase de nomeação. O detalhamento do esquema de segurança não foi divulgado por questões estratégicas, mas autoridades locais informaram que o plano envolve ainda mais 6 mil homens de órgãos estaduais, municipais e federal.



Em Fortaleza: Cinco advogados são investigados por venda de habeas corpus


A Ordem dos Advogados do Brasil - Seção Ceará explicou, nesta quarta-feira (28), durante coletiva, os procedimentos a serem realizados quanto à investigação da venda de habeas corpus e da participação de advogados no suposto esquema de venda de decisões em plantões do Tribunal de Justiça (TJ), bem como as possíveis punições cabíveis aos casos.


De acordo com Valdetário Andrade Monteiro, presidente da OAB-CE, até o momento há cinco nomes de advogados envolvidos no caso. Eles não podem ter seus nomes revelados devido ao sigilo das investigações. Em caso de punição, os advogados podem até perder o registro de advogados.

No entanto, o presidente afirma que nenhum dos advogados apontados na investigação integram as instituições do sistema OAB no Ceará, como Fesac e CAACE, bem como as Subsecionais no Interior do Estado. 

“A responsabilidade da OAB, assim como o CNJ e o Ministério Público (MP), é advertir, suspender e expulsar aqueles que trabalham infringindo a lei”, afirmou Valdetário.


Para José Damasceno Sampaio, presidente do Tribunal de Ética e Disciplina da OAB-CE, a investigação neste momento deve ser bastante criteriosa, principalmente por não levar à condenação quem não merece ser condenado.


Venda de habeas corpus
A compra de habeas corpus para soltura de presos nos plantões do tribunal foi confirmada pelo presidente do Tribunal de Justiça do Ceará, Luiz Gerardo Pontes, em abril. A denúncia partiu do Sindicato dos Policiais Civis, que afirmou que a venda ocorre nos finais de semana e feriados, durante os plantões do Tribunal de Justiça. A liminar de soltura era vendida por até R$ 150 mil.

FONTE: CNEWS


Fortaleza: Policial feminina é assaltada no Centro por dois adolescentes


Uma policial militar foi assaltada na rua Sólon Pinheiro, no Centro, na tarde desta quarta-feira (28).

De acordo com a polícia, ela saia de carro de um condomínio na mesma rua quando foi abordada por dois adolescentes. Eles estavam em um carro modelo Crossfox de cor prata.

Os adolescentes deram um soco no nariz da policial e levaram sua bolsa, que tinha uma arma calibre 40 dentro. O revólver é de uso restrito da corporação.
 polícia realiza diligências para localizar os adolescentes.

FONTE: CNEWS

PM é ferido a flecha em protesto



CONTRA A COPA

Manifestação contra a Copa em Brasília, com a participação de índios e sem-teto, terminou em confronto com a Polícia Militar, deixou saldo de três feridos e interrompeu visitação à taça do Mundial.Entre os feridos está um PM atingido por uma flecha na perna e um manifestante com o nariz quebrado. Quatro pessoas foram presas.


FONTE: O POVO

terça-feira, 27 de maio de 2014

Nove presos são resgatados do 18º DP; 16 foragidos em menos de 48 horas



Nove detentos foram resgatados do 18º DP (Jurema) por volta das 20 horas desta terça-feira (27). Na última segunda-feira (26), sete presos foram resgatados do 19º DP (Conjunto Esperança). Os casos contabilizam 16 foragidos em menos de 24 horas em Fortaleza e Região Metropolitana.

Três indivíduos armados invadiram a delegacia e renderam o único inspetor que estava no local. Os suspeitos fugiram levando a pistola .40 do policial civil. De acordo com informações da Polícia, o permanente foi agredido com coronhadas de revólver.

26 presos estavam na delegacia, mas 17 continuaram no local. Ainda não há informações sobre recapturados.

Sete presos resgatados do 19º DP

Na manhã última segunda-feira (26), dois homens invadiram o 19º durante a entrega do café da manhã dos detentos. A dupla rendeu um policial civil e duas servidoras tercerizadas.

O objetivo era resgatar Luis Carlos Freitas da Silva, preso há duas semanas com um automóvel Corolla de placas clonadas e um revólver de numeração raspada. Porém, os outros detentos aproveitaram e também se evadiram do Distrito Policial.
 

Irmãos suspeitos de atirar em subtenente da PM são mortos na Parangaba

Sequência de imagens na delegacia e no local do crime. As vítimas ainda utilizavam a mesma roupa. Foto: divulgação

Dois irmãos suspeitos da tentativa de assalto que feriu o subtenente da reserva da Polícia Militar Raimundo Arruda de Melo foram executados na Avenida João Pessoa e Rua Júlio Verne, nos bairros Parangaba e Itaoca. O duplo homicídio foi registrado na última segunda-feira (27), depois que os dois rapazes prestaram depoimento no 5º DP (Parangaba). Por volta das 18 horas, Francisco Carlos de Lima, 21, e Francisco Rafael de Lima, 24, chegaram ao 5º Distrito Policial (DP), na Parangaba, acompanhados de policiais militares que teriam recebido informes sobre o envolvimento dos dois jovens na tentativa de assalto ao subtenente. O titular do 5º DP, delegado Renê Andrade, informou que os jovens não eram investigados pela Polícia Civil, mas como os policiais militares chegaram ao local com os dois e existia a informação de que eles seriam envolvidos, foi solicitado que ambos fossem encaminhados à sede da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) para um exame residuográfico, que aponta se houve disparo de arma de fogo, por meio da análise de resíduos de pólvora nas mãos. Por volta das 21 horas, os irmãos Francisco Carlos e Francisco Rafael voltaram à delegacia para entregar os ofícios dos exames realizados na Pefoce. Ainda de acordo com o delegado, como não houve situação de flagrante e ainda não existia nenhuma prova que chegasse ao nível de inquérito, os policiais civis orientaram à familia a esperar os rapazes na entrada do distrito policial e eles foram entregues aos respectivos parentes. Mortos após entrega de ofício na delegacia Francisco Carlos estava com a companheira, Jéssica Nathalia dos Santos , 23, ambos voltavam para casa em uma bicicleta e Rafael seguia a pé. Os três foram surpreendidos por um Palio de cor prata. Os indíviduos que saíram do automóvel realizaram disparos com pistola 380. Carlos e Jéssica foram baleados, o rapaz morreu no local e a jovem foi lesionada na cabeça e encaminhada ao Instituto Doutor José Frota (IJF). Rafael conseguiu fugir, mas foi morto na Rua Júlio Verne, nas proximidades da própria residência. Às 21h28min foi morto Francisco Carlos de Lima e baleada Jéssica Nathália. às 21h36min foi morto Francisco Rafael. Por não ter autoria, o delegado afirma que os primeiros levantamentos e a investigação foram realizados pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Mas como ocorreu na área da Parangaba, o caso também será investigado pelo 5º DP. Em relação à tentativa da tentativa de assalto que terminou com o subtenente da Polícia Militar baleado, o delegado informou que a investigação do caso está a cargo do 5º DP e que a Polícia Civil trabalhava com outros suspeitos, mas que devido ao crime ocorrido nesta segunda-feira (27), que vitimou duas pessoas que prestaram depoimentos na delegacia, preferia não divulgar identificação de suspeitos até que o inquérito seja finalizado. O resultado do exame que determinaria se os jovens realizaram disparos de arma de fogo deve ser entregue no próximo mês pela Perícia Forense.

FONTE: DIÁRIO DO NORDESTE

Dupla é presa depois de atirar contra viatura do Ronda

Dois homens foram presos na tarde desta terça-feira, 27, eles são acusados de atirarem contra uma viatura do Ronda do Quarteirão, que passava pela Rua Germano Frank, no bairro da Parangaba. Outras pessoas que estavam com os homens detidos conseguiram fugir. De acordo com os policiais da viatura do Ronda do Quarteirão 1050, o grupo efetuou disparos contra a corporação e após perseguição policial dois homens foram detidos. Com eles a polícia encontrou uma arma. Os dois homens presos foram levados para a Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos e Cargas (DRFVC), na Maraponga. Os detidos chegaram à DRFVC por volta das 12h30min, e serão ouvidos pelo delegado de plantão, segundo informações do inspetor da delegacia. FONTE: CEARÁ AGORA FOTO: ILUSTRATIVA

Fortaleza: Bandidos são presos após invadirem motel na Itaóca





Ainda na tarde desta terça, cinco pessoas em um Pálio preto foram presas após invadirem um motel na Itaóca durante perseguição policial. Com o grupo composto por três homens e dois adolescentes, foi apreendida uma escopeta.

A quadrilha possivelmente tem envolvimento com o atentado contra o soldado Oliveira.

Jangurussú: Diabo Loiro acusado de duplo homicídio tem alta hospitalar

  Depois de ser baleado durante troca de tiros com a Polícia Militar, teve alta, nesta terça-feira, 27, um dos acusados do duplo homicídio que ocorreu domingo, 25, em frente ao Cuca Luiz Gonzaga, no bairro Jangurussu. Conhecido como "Diabo Loiro", Francisco Clerton do Carmo estava internado no Frotinha da Messejana.



Clerton, que já responde por homicídios e tentativas de homicídios, foi encaminhado ao 30º Distrito Policial e, de lá, irá para a Delegacia de Capturas.


LEIA NA ÍNTEGRA:  O POVO


Fortaleza: PM troca tiros com suspeitos e tem carro fuzilado na frente de casa; 5º policial vítima de atentado

Um soldado da Polícia Militar sofreu um atentado no bairro Serrinha, durante a tarde desta terça-feira (27). Quatro policiais foram baleados e um foi morto em menos de 10 dias.
O policial identificado como Oliveira estava lavando o carro na porta da própria residência quando foi surpreendido por um automóvel Palio. De acordo com informações do Relações Públicas da Polícia Militar, tenente coronel Albano, o policial teria percebido  que os homens tomariam o veículo de assalto e houve troca de tiros.
Quatro homens armados de pistola, revólver e uma espingarda calibre 12 efetuaram vários disparos. O PM entrou na residência e trancou o portão, mas o carro foi fuzilado.  Uma viatura da PM chegou no local. o Soldado Oliveira era lotado na 8ª Companhia do do Batalhão de Policiamento Comunitário. Atualmente, trabalha no programa ‘Crack, é possível vencer”.
Quatro policiais baleados e um morto em menos de 10 dias
Um dos últimos casos ocorreu na tarde do último sábado (24), quando o PM Francisco Ferreira, 37, foi lesionado com um tiro no pescoço, um no braço e outro no abdômen. O policial foi abordado na Avenida Central do Icaraí por quatro suspeitos, que foram detidos após o crime.
Na terça-feira (20), o soldado Paulo Henrique Farias Nobre, 35, foi vítima de latrocínio (roubo seguido de morte. O policial voltava da padaria quando foi abordado por dois homens em uma moto. A vítima tentou sacar a arma, mas foi baleado e morreu no local.
Na ação criminosa, a esposa do policial também foi lesionada e encaminhada ao hospital.
Na quarta-feira (21). o soldado PM Arlindo Gomes da Silva estava acompanhado da irmã em um salão de beleza na Rua Ernesto Pereira dos Santos. Os suspeitos estavam em um veóculo Gol, de cor prata. Eles entraram em luta corporal com o policial e foi baleado, em seguida, encaminhado ao Instituto Doutor José Frota (IJF), onde permanece internado na UTI da unidade de saúde.
Na quinta-feira (22), o policial militar Raimundo Arruda de Melo foi lesionado a bala quando trocava o pneu do carro que dirigia. O caso ocorreu na Parangaba. A vítima foi encaminhada ao hospital Frotinha da Parangaba.

CE é o segundo em aumento de violência no País




As mortes violentas no Ceará aumentaram 36,5% entre 2011 e 2012, de acordo com os dados do Mapa da Violência divulgados nesta terça-feira (27). O Ceará teve o segundo maior aumento no Brasil foi Roraima, que registrou um crescimento de 71,3%. O Mapa considera como morte violenta os óbitos em acidentes de transporte, homicídios e suicídios.

De acordo com o Mapa, o Ceará teve 2.788 homicídios em 2011. Já em 2012, foi registrado 3.840 casos. Um aumento de 37,7%. Na comparação com 2002, época em que os homicídios somavam 1.443, houve um aumento de 166,1% até 2012.

As vítimas fatais em acidentes de transporte passaram de 2.247, em 2011, para 2.492, em 2012, registrando um aumento de 10,9% entre os dois anos.

Já os números de suicídios no Ceará caíram. Em 2011, foram 553 casos e, em 2012, 508.

Brasil

De acordo com a pesquisa, a média nacional foi de 29 assassinatos para cada 100 mil habitantes em 2012. Um crescimento de 7% em relação a 2011.

Em todo o país, apenas cinco estados tiveram redução nas mortes por violência. São eles: Espírito Santo (-0,2%), Rio de Janeiro (-0,3%, Pernambuco (-5,1%), Paraíba (-6,2%) e Alagoas (-10,4%).

O Mapa da Violência está disponível na internet.
 
FONTE: CNEWS

Quadrilha explode agência bancária em Pacoti



Na madrugada desta terça-feira (27), um grupo assaltou um banco na cidade de Pacoti, a 90 Km de Fortaleza. De acordo com informações da Policia Militar (PM), a ação ocorreu por volta da meia-noite.

Ainda segundo a PM, o bando era formado por oito homens, que chegaram à cidade em dois carros. O grupo explodiu a agência e atirou contra o destacamento da polícia, mas ninguém ficou ferido.

No momento, os policias realizam buscas na região. A ação está recebendo apoio das polícias de Palmácia, Maranguape, Baturité e Canindé.

Até a manhã desta terça-feira, ninguém foi preso.
 

FONTE: CNEWS


   

segunda-feira, 26 de maio de 2014

Presidiários usam redes sociais via celular para extorquir pessoas na PB

Quinze apenados ligados a facção, segundo direção, estão isolados.
Extorsão ocorria há dois meses, segundo Serviço de Inteligência

Apenados utilizavam rede social para escolher vítimas que eram extorquidas por meio de telefone celular (Foto: Reprodução: Facebook)Quinze apenados da Penitenciária Padrão de Cajazeiras, cidade no Alto Sertão da Paraíba, a 480km distante de João Pessoa, utilizavam a rede social Facebook para extorquir comerciantes da cidade se valendo das informações coletadas por meio da rede social, segundo o diretor da unidade prisional Jailson de Matos. Durante a operação foram encontrados cinco aparelhos celulares com acesso à internet e redes sociais, três facas artesanais e seis espetos.

Além do contato com as vítimas em Cajazeiras, os 15 detentos mantinham contato com outros integrantes de uma facção criminosa de João Pessoa. Além de extorquir empresários pela rede social, os apenados postavam fotos digitais tiradas de dentro da unidade penitenciaria. “Eles faziam isso para aparecer diante dos demais e até para tentar desmoralizar a direção da penitenciária”, disse Jailson de Matos, diretor da Penitenciária Padrão de Cajazeiras.

Concurso para 600 vagas na Polícia Federal em 2014 deve ter organizadora em breve

Edital do concurso da Polícia Federal-PF em 2014 sai em breve

Já está autorizada a realização de um novo concurso público para a Polícia Federal (PF) em 2014. Serão abertas 600 vagas no cargo de Agente de Polícia Federal do Quadro de Pessoal do Departamento (DPF), com lotação em várias partes do país. A autorização foi promulgada pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) no Diário Oficial da União de 26 de março de 2014 (Veja autorização do concurso).

A responsabilidade pela realização do concurso público está neste instante a cargo do Diretor-Geral do Departamento de Polícia Federal, a quem cabe estabelecer normas e divulgar o edital de abertura da seleção, juntamente com a organizadora responsável - ainda a ser conhecida - até a data limite de 26 de setembro de 2014, prazo limite de 6 meses após a autorização.
O cargo de Agente de Polícia Federal exige formação de nível superior em qualquer área, com diploma reconhecido pelo MEC, e Carteira Nacional de Habilitação (CNH) categoria "B" (ou superior). A remuneração da função é de R$ 7.514,33, além de auxílio alimentação no valor de R$ 373,00, por jornada de trabalho de 40 horas semanais.


Devido às leis singulares para nomeações em anos eleitorais, mesmo que o concurso seja homologado ainda em 2014, só poderá nomear aprovados a partir de 2015. É provável que a organizadora responsável pelo certame seja novamente o Cespe/UnB, responsável pelo último concurso no cargo, ocorrido em 2012.



Bandidos rendem policial do 19º DP em Fortaleza e libertam 7 presos

Um dupla armada libertou 7 presos, na manhã desta segunda-feira (26), por volta das 7h, no 19º Distrito Policial, no bairro Conjunto Esperança. 

A dupla chegou em um carro EcoSport da cor preta e rendeu a funcionária tercerizada e o inspetor que estavam de plantão e o fez abrir todas as celas. Após isso, o policial ficou preso em uma das celas, enquanto eles resgatavam todos os detentos.

Dentro do Distrito Policial estavam 15 presos. Entretanto, oito não quiseram fugir, de acordo com o inspetor do 19º DP. O detento que eles pretendiam resgatar era Luis Carlos Freitas da Silva, preso por receptação de veículos.

Os sete presos libertados já foram identificados e estão sendo procurados em uma operação conjunta entre as polícias Civil e Militar.

Professor da UFC é assassinado na Praia do Icaraí após suposta discussão


professor sobral

Um professor da Universidade Federal do Ceará (UFC) foi assassinado na noite do último domingo (25) em uma barraca na praia do Icaraí, no município de Caucaia. 

Alexandre Moreira de Moraes, 45 anos, conhecido como "Sobral", teria se envolvido em uma discussão, quando dois homens em uma moto o atingiram com cinco tiros na cabeça, segundo informações de populares à Divisão de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP). 

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) compareceu ao local, mas o professor já havia falecido, de acordo com a DHPP. 

Alexandre era Coordenador Noturno do Curso de Engenharia de Teleinformática da UFC e Professor Assistente III da Universidade.

Ele tinha o título de Mestre em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e fazia doutorado na mesma área pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). 

Corpo será sepultado em Sobral 

O professor Paulo Cesár Cortez, chefe do Departamento de Engenharia de Teleinformática, lamenta o falecimento e afirma que o docente foi um dos idealizadores do prédio do curso, localizado no bloco 725 do Campus do Pici. 
"Ele era um professor extremamente dedicado e competente. Ele sempre emcabeçava as comemorações de fim de semestre com os alunos e tinha um relacionamento muito bom com eles", ressalta Cortez.

O chefe de departamento também afirma que pretende dar o nome de Alexandre Moreira de Moraes ao auditório do prédio em homenagem ao falecido. O corpo será sepultado em Sobral, cidade onde ele nasceu, por volta das 17h desta segunda-feira (26), segundo informa Cortez.

domingo, 25 de maio de 2014

Um dos criminosos mais procurados do Ce é preso na Granja Portugal



Na madrugada de hoje (22), a Polícia Militar do (PM) prendeu um dos criminosos mais procurados no Estado do Ceará. Trata-se de Francisco Airton Silva dos Santos (19), o “Chinês”, responsável por homicídios e investigado por envolvimento com o tráfico de drogas e formação de quadrilha.

A prisão foi realizada na Granja Portugal, na Área Integrada de Segurança 2 (AIS 2) da Capital.

Durante uma patrulha de rotina, os policias militares abordaram o acusado e constataram um mandado de prisão em aberto contra ele pelo crime de homicídio.

Na residência do acusado, os policias apreenderam 445 gramas de crack em barra, 35 pedras de crack já prontas para comercialização, munições, além de uma motocicleta, quatro celulares e R$ 392. “Chinês” foi preso em flagrante e encaminhado ao 12.º Distrito Policial (DP).

Aspirante é enterrado no Rio e família vê 'excesso' em treino da Marinha

Jean Caleb estava internado após exercício com fumaça, e sem máscara.
Comandante da Escola Naval, Marcelo Campos não descarta mudança.

Aspirante é enterrado no Cemitério Jardim da Saudade. em Sulacap (Foto: Henrique Coelho/G1)O corpo do aluno da Escola Naval Jean Caleb Maroto Sousa, de 22 anos, foi enterrado neste domingo (25) por volta das 17h10, no Cemitério Jardim da Saudade, em Sulacap, na Zona Oeste do Rio. O jovem morreu no sábado (24). Ele estava internado na UTI do Hospital Naval Marcílio Dias, na Zona Norte, após ter sido submetido a um treinamento na Base de Fuzileiros Navais, na Ilha do Governador, no dia 4 de maio.

Uma das etapas do treinamento, segundo a Marinha, consistia em atravessar um túnel de cerca de três metros de comprimento com a presença de fumaça. Durante a cerimônia deste domingo, que aconteceu em clima de consternação, a família questionou o rigor dos exercícios, apesar de não ter manifestado interesse em um possível processo judicial.
Jean Caleb Maroto de Sousa participou de treino
no dia 4 (Foto: Reprodução/TV Globo)

"É preciso repensar este treinamento. Será que precisamos chegar a esse ponto?", perguntou o tio da vítima, Dinelson Borges. "Ele mesmo [Jean] disse que precisou refazer o exercício várias vezes. Não achou a saída do túnel e foi dito que era para fazer de novo. O sonho dele era continuar [na Marinha] depois que saísse do hospital", completou.

Comandante da Escola Naval, Marcelo Francisco Campos esteve presente no enterro e não descartou a mudança. "Inquérito processual é que vai determinar se a Marinha vai mudar os procedimentos de treinamento", disse.

Prima da vítima, Miriam de Oliveira Souza, fez coro às críticas. Ela disse que o jovem completaria 23 anos na próxima quarta-feira (28) e adorava usar a farda. Embora o primo jamais tenha reclamado dos treinos, ela também clamou por mudanças.

"Tem que rever esses treinamentos excessivos. O Brasil não é um país com guerras constantes e não é a primeira morte que acontece com alguém durante treinamento", afirmou.

Intoxicação
Na quarta-feira (21), um amigo de Jean contou ao RJTV que o próprio aspirante relatou ter sofrido intoxicação porque foi obrigado a repetir um exercício no qual os jovens entram sem máscara num ambiente fechado. Ele teria submetido ao teste mais de uma vez.“Eles tinham que escapar dessa câmara. Era escuro, eles não achavam a saída, tinha um amigo dele junto, que passou mal também lá dentro. Ele saiu e o comandante mandou entrar novamente. Ele não achou novamente, entrou de novo, saiu e entrou de novo até achar a saída. Depois, ele começou a passar mal, tossindo, reagindo já ao gás”, afirmou.

Em nota, a Marinha informou que "nesse momento de dor, solidariza-se com a família do Aspirante Caleb, a quem apresenta sinceras condolências, e informa que está prestando todo seu apoio".

A assessoria de imprensa disse ainda que a apuração dos fatos está sendo conduzida por meio de um Inquérito Policial Militar, instaurado no dia 8 de maio e com prazo de conclusão de até 60 dias.

"O exercício em questão é regular e faz parte da Prática Profissional Naval, prevista no Programa de Ensino da Escola Naval, tendo sido cumprida pelos demais 32 aspirantes fuzileiros navais sem incidentes. Ressalta-se que foi instaurado o competente procedimento, a fim de apurar as circunstâncias do fato, com prazo de conclusão de até 40 dias, podendo ser prorrogado por mais 20", diz o texto. Outro colega de Jean, Vinícius da Silva Cunha também chegou à UTI, mas melhorou e foi liberado da unidade de tratamento intensivo.

FONTE: G1

Bandido que morreu em troca de tiro com a polícia vestia calcinha


Um homem, que aparentava ter entre 20 a 25 anos, foi morto durante uma troca de tiros com a Polícia Militar na tarde da última quarta-feira, 21 de maio.

O indivíduo não teve a identidade revelada, mas segundo a polícia ele havia cometido diversos assaltos e foi reconhecido pelas vítimas. Ao tentar fugir, ele teria entrado em confronto com militares e acabou morto com três tiros.

A equipe do Instituto Médico Legal teve uma surpresa ao remover o corpo do assaltante. O valentão, acreditem, vestia calcinha fio dental, por debaixo da cueca. O caso foi registrado pela Policia Militar em Aracaju, estado de Sergipe.

Fonte: Sul Bahia News

Rio de Janeiro: Parentes de policiais mortos protestam em Copacabana


Eles protestaram contra a violência que atinge os militares e denunciaram que 31 policiais morreram neste ano e 117 ficaram gravemente feridos

 protesto no Rio de Janeiro pela morte de policiais
Rio de Janeiro - Parentes de policiais mortos e feridos durante a atividade profissional se reuniram hoje (25) na orla de Copacabana, na zona sul do Rio. Eles protestaram contra a violência que atinge os militares e denunciaram que 31 policiais morreram neste ano e 117 ficaram gravemente feridos. No ano passado, as famílias contabilizaram 81 mortos.


De acordo com uma das organizadoras do protesto, a cabo da Polícia Militar (PM) Flávia Louzada, a morte de policiais está banalizada. “Temos muitos mortos em apenas cinco meses: 31. No ano passado, foram 81. As pessoas esquecem que nosso trabalho é combater a violência e, neste momento, estamos sendo vítimas da violência que combatemos”, disse. Segundo ela, a maioria dos policiais militares mortos é jovem, com menos de 30 anos, em início de carreira.

Flávia também denunciou que os jovens têm se tornado alvo preferencial nas unidades de Polícia Pacificadora (UPP). “Os policiais que estão indo para as UPP são recém-formados e, muitas vezes, têm tanto medo de errar, de dar um tiro mal dado e de ter sua carreira interrompida, sendo preso ou excluído, que ele se preocupa mais em não errar do que perder a vida”, disse. Para ela, as UPP “estão dando certo”, mas ainda há resistência em algumas comunidades.

Atingido durante um atentado contra a UPP da Cora, Fallet e Fogueteiro, no centro, em 2011, o PM Alessander de Oliveira Silva perdeu as duas pernas. À frente da caminhada em defesa da vida dos policiais, ele prestou apoio ao colegas de profissão. “Sofri um atentado, com granada, lançada pelos traficantes da localidade, fiquei 23 dias internado, sendo 11 em coma, sem a minha família saber que ia sobreviver, e agora estou aqui para expor nossa dor”, declarou.

Na manifestação, os parentes também cobraram apoio para conseguir benefícios, como pensão e seguro de vida, além de melhores condições de trabalho para os militares. “Eles ficam expostos. A cabeça vira alvo [dos criminosos], sem nada para proteger, e os coletes são ruins”, denunciou Patrícia Poydó, irmã do soldado Marcelo Poydó, morto em abril deste ano.

Presente ao ato, o deputado federal Jair Bolsonoro (PP-RJ), que é militar reformado, disse que os policiais sofrem com insegurança jurídica e acabam não reagindo para se proteger. “Uma coisa é eu te atingir com um tiro e outra é você ser atingido em uma troca de tiro por mim”, declarou. Segundo ele, ao atirar em legítima defesa, os policiais têm que responder a processo e podem acabar expulsos da corporação. “A segurança pública tem que ter regras, mas não essas”, comentou.

O presidente da Comissão Nacional de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil, Wadih Damous, prestou apoio à manifestação e destacou que a “polícia do Rio de Janeiro é a que mais morre e a que mais mata”. Ele considera que, ao avaliar o contexto de violência no estado, a análise deve ser de “mão dupla”.

“A critica deve ser ampla, devemos ter atenção com as péssimas condições de trabalho, de treinamento, de remuneração e de vida dos nossos policiais. Mas, contudo, ter em mente que eles são violentos. É preciso enfrentar esse contexto de violência em seu todo”, declarou.

  FONTE: REVISTA EXAME

 

 

 

Link permanente da imagem incorporada

Contra a impunidade: PMS fazem novo protesto em Belo Horizonte

 
 
Uma semana após o assassinato do soldado André Luiz Lucas Neves, de 27 anos, cerca de mil policiais militares de Belo Horizonte realizaram um novo ato na tarde desta sexta-feira (23). Eles se concentraram na praça da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), no bairro Santo Agostinho, região Centro-Sul, onde fizeram uma reunião e, neste momento, participam de uma missa em memória do militar morto.

Segundo o deputado federal e coordenador da Comissão de Cidadania e Direitos Humanos da Associação dos Praças, Policiais e Bombeiros Militares de Minas Gerais (Aspra), subtenente Luiz Gonzaga Ribeiro (PDT), o protesto foi em defesa do resgate da autoridade policial. "Decidimos continuar pressionando o governo porque hoje a gente prende um suspeito dez, 15, até 30 vezes e ele não é julgado e quem paga o preço é a Polícia Militar que enfrenta o camarada todo dia", afirmou.

Ainda de acordo com o subtenente Luiz Gonzaga, a sociedade também é prejudicada já que a impunidade provoca o aumento da violência. "É preciso ampliar a capacidade e o rigor policial com alteração do Código Penal e com uma mudança na gestão da segurança pública, ou seja, o Ministério Público precisa denunciar e o judiciário julgar os processos com mais celeridade", completou.
No último domingo (18), centenas de militares realizaram um grande protesto após o enterro do policial André Luiz que foi morto quando tentava impedir um assalto, na noite da última sexta-feira (16), no bairro Ouro Preto, região da Pampulha.
 
 

O drama das famílias de policiais que perderam a vida na luta contra o crime

A farda marrom muito bem passada está pendurada no cabide. Na prateleira do guarda-roupa, a boina preta, o colete à prova de balas e o cinturão dividem espaço com o coturno já engraxado. Mas nada disso sairá do armário. Nunca mais. Em poucos dias, estará empoeirado em um canto do quarto do soldado André Luiz Lucas Neves. Assassinado com dois tiros (um no peito e outro nas costas) ao tentar impedir um assalto no último dia 16, no bairro Ouro Preto, na região da Pampulha, o policial militar de 27 anos estava de folga, à paisana, quando presenciou o crime e tentou intervir. A dor que agora dilacera o coração de parentes e amigos de Neves é velha conhecida de muitas famílias de PMs, como as do soldado Anderson Vieira Torres, do sargento Silmar Pereira da Silva e dos cabos Paulo Henrique de Oliveira e Gladstone Alexandre Soares Bernardo, outros quatro militares que deram a vida pela profissão e cujas histórias ilustram esta reportagem. De acordo com o Comando-Geral da Polícia Militar, 33 homens foram executados nos últimos cinco anos enquanto estavam em serviço - só neste ano foram quatro. Os números são ainda maiores nos registros da Associação dos Praças Policiais e Bombeiros Militares de Minas Gerais (As­­pra-MG), que considera não apenas as baixas durante o expediente, mas também as dos que morreram tentando combater a criminalidade em momentos de folga, como o soldado Neves. Foram mais de 300 mortes registradas no estado nos últimos onze anos, pelo menos duas a cada mês.

A violência contra os policiais é, há tempos, motivo de indignação dentro da corporação, um sentimento que explodiu após o episódio no bairro Ouro Preto. Depois do enterro do soldado, cerca de 1 200 militares foram às ruas para protestar, no último domingo (18), cobrando, principalmente, uma pena maior para crimes cometidos contra agentes públicos de segurança e a criação de um programa de proteção para PMs ameaçados. “A morte não tem de ser um risco inerente ao nosso trabalho”, diz o deputado federal Luiz Gonzaga (PDT-MG), que é subtenente e coordenador da Comissão de Cidadania e Direitos Humanos da Aspra-MG. Ele critica a atuação do Estado nos casos de assassinato de militares que, estando à paisana, agem contra bandidos. “Essas reações fazem parte do instinto policial, não é preciso estar fardado e escalado para o trabalho para entrar em ação”, afirma Gonzaga. “Somos PMs 24 horas por dia, e não atuar em um caso de perigo iminente é uma negligência. O policial pode até ser responsabilizado por deixar de agir.”

 Gustavo Andrade/Odin

LEIA NA ÍNTEGRA CLIQUE AQUI

FONTE VEJA BH

Maria UPP procura parceiro pra filme de lepo lepo

10314654_10152194009033432_654396474013883228_n
Rio – Famosa por manter relação sexual com PMs lotados em Unidades de Polícia Pacificadora, Patricia Alves, a Maria UPP, está à procura de um novo parceiro. Após assinar contrato com a produtora Brasileirinhas para gravar seu primeiro filme pornô, conforme matéria publicada na edição de segunda-feira do MEIA HORA , a morena vai contracenar com um homem que será escolhido através da Internet.
A Maria UPP está com passagem marcada para São Paulo, onde inicia na próxima semana as gravações do filme. Interessados em participar devem se cadastrar no site da produtora — é preciso pagar uma assinatura. O felizardo será sorteado no dia 23 de maio.
“É só entrar no site da Casa das Brasileirinhas e assinar. Toda semana, sorteamos um assinante para participar das nossas produções. O da próxima semana será para o filme da Patricia. Depois do sorteio, entramos em contato com o cara e vemos a disponibilidade dele”, afirmou Cleyton Neves, dono da produtora.
A ideia de contracenar com um fã empolgou Patricia, que não vê a hora de ouvir o diretor gritar ‘ação’. “Estou animada. Acho legal essa ideia. Espero que seja alguém legal e que me respeite. Estou bastante ansiosa para começar”, disse a jovem, que quer adotar o nome artístico Patty UPP para o filme.
Policiais ficam animados com oportunidade
A ideia de um fã participar do filme da Maria UPP deixou em polvorosa as Unidades de Polícia Pacificadora. Segundo Patrícia, muitos PMs lotados em UPPs a procuraram querendo participar: “Eu contei para um policial e em pouco tempo recebi vários telefonemas de PMs que eu nem conhecia querendo saber como participar. Perguntaram se poderia ser com máscara, para não serem reconhecidos.”
Além do fã, a Maria UPP contracenará com dois atores e duas atrizesprofissionais, com larga experiência em pornôs. Patricia afirma que não terá nenhum problema, porque já se relacionou com mulheres. “Já fui em casa de swing (em que há troca-troca de casais) e fiquei com outras meninas. Não tem problema nenhum. Vai ser tudo profissional e muito bem feito”, garantiu a gata.

Duas pessoas são assassinadas dentro do Cuca Jangurussu

Cuca Jangurussu


Dois homens foram assassinados na noite de sábado (24) dentro do Cuca Luiz Gonzaga, no bairro Jangurussu. Ainda não identificados, um dos homens foi alvejado com 19 tiros, enquanto o outro recebeu 2 disparos. Outras duas pessoas teriam sido atingidas e levadas ao Frotinha de Messejana para receber atendimento médico.
De acordo com uma fonte da Perícia Forense do Ceará (Pefoce), os homens, que tinham por volta de 20 anos, estavam na arquibancada do ginásio quando foram atingidos pelos disparos, feitos a partir e uma pistola 380. Um dos homens foi perfurado por 19 tiros, caracterizando execução, enquanto o outro recebeu um tiro no tórax e outro na perna. Ninguém foi preso.

A programação da noite de sábado no Cuca havia começado às 19h, com a sessão do filme "G.I. Joe - Retaliação" e a peça teatral "A Farsa do Pão e Circo". Segundo populares, muita gente ainda estava no local quando o crime aconteceu, por volta das 22h.

O equipamento foi inaugurado no dia 31 de dezembro de 2012 pela ex-prefeita Luizianne Lins ainda sem estar completamente pronto.
 

Fortaleza: Acusado de matar PM confessa ter roubado mais de 20 carros

Em depoimento dado à Polícia, o jovem de 17 anos confessou ter atirado no policial e revelou série de crimes

 d



O adolescente de 17 anos, que confessa ter matado o soldado da Polícia Militar Paulo Henrique Farias Nobre, na última terça-feira (20), no Conjunto Ceará, confessou também à Polícia já ter roubado mais de 20 carros. O jovem detalhou, em depoimento, que escolhe carros novos e aguarda a distração das vítimas que aborda.

De acordo com o delegado titular do 12º DP (Conjunto Ceará), José Lira Ximenes, que presidiu as investigações do assassinato do soldado PM, o adolescente escolhe as vítimas que ataca. Entretanto, no caso do policial, a ação não teria sido premeditada, mas ocasional.

"O adolescente confessou já ter roubado mais de 20 carros. Ele disse que a procura é por carros que as placas sejam iniciadas pela letra 'O', porque são novos. Ele disse também que aborda as vítimas em um momento de distração. Foi o que ocorreu com o PM, quando parou para entregar um molho de chaves a um cunhado", explicou o delegado Lira Ximenes.

O inquérito que investigava a morte do soldado PM Paulo Henrique Farias Nobre foi concluído na última quinta-feira (22). O militar foi executado, durante um assalto, na Rua 846, na 3ª Etapa do Conjunto Ceará. As duas pessoas que abordaram o PM já foram capturadas.

De acordo com o delegado, o adolescente de 17 anos foi apreendido na quarta-feira (21), na localidade de Santo Antônio do Pitaguari, em Pacatuba. Ele confessou ter atirado em Farias. A arma do policial, roubada no dia do fato, foi localizada no bairro Jardim Iracema.

Francisco Arão Gomes Machado, 18, que guiava a motocicleta no momento da abordagem, disse ter fugido quando o soldado reagiu e não viu o momento da morte. Ele foi capturado em uma praça, no bairro Otávio Bonfim, quando tentava escapar da Polícia. Ele estava saindo da empresa de montagem de cercas elétricas, onde trabalhava.

"Eles contam com riqueza de detalhes o que fizeram e confessam suas participações nos fatos. Houve uma luta corporal entre o adolescente e o soldado. Neste momento, o Arão fugiu. Quando o PM foi ferido, o adolescente escapou no carro do militar", disse o titular do 12ºDP.

Descartada

Lira Ximenes afirmou, ainda, que a possibilidade de que um funcionário da loja de acessórios militares de Paulo Henrique tivesse envolvimento com o fato, está descartada. "Ele não tem nada a ver com o fato. Veio até a Delegacia, foi ouvido e a participação dele está totalmente descartada", afirmou.


Francisco Arão também já respondeu por roubo de veículo, quando adolescente. Ele está preso, mas a Polícia optou por não divulgar aonde está recluso para que sua integridade física seja preservada.

Familiares e testemunhas da morte do policial estiveram, quarta-feira, no 12ºDP e foram ouvidos. A esposa de Farias ainda não teve condições emocionais de prestar esclarecimentos.

"Mesmo sem o depoimento dela, nós conseguimos indícios suficientes para chegarmos às pessoas que cometeram o latrocínio (roubo seguido de morte). Eles foram autuados em flagrante, já que as diligências foram ininterruptas. Eu já enviei o inquérito à Justiça e representei pela prisão preventiva do Arão Machado", disse Ximenes.

Autuado

Um homem identificado como Paulo Henrique Parente, apontado como responsável pela casa onde objetos roubados do PM, armas e drogas foram achados, também foi autuado. Na casa de Parente, segundo a Polícia, funcionava um ponto de aluguel de armas de fogo para criminosos. Lá, a dupla teria alugado a arma usada para roubar e matar o PM.