quinta-feira, 17 de setembro de 2015

Polícia prende suspeito de receber R$ 70 mil para matar policial no Ceará


Preso é suspeito de seis homicídios em 30 dias, diz Polícia Militar.


Ele usava tornozeleira eletrônica quando foi preso em perseguição policial.

A Polícia Civil prendeu em Fortaleza nesta quinta-feira (17) o suspeito de matar, em 28 de agosto, em Maracanaú, o sargento aposentado João Catanã. Antônio Ednaldo, de 28 anos, havia deixado, há cerca de um mês, o presídio onde respondia por porte ilegal de armas, homicídios, roubo e tentantiva de homicídio.

Segundo a Polícia Militar, Ednaldo é suspeito de participar de outros seis homicídios durante o intervalo de 30 dias, fora do presídio. Segundo informações repassadas pelo 14º Batalhão da Polícia Militar, ele é suspeito também de receber, junto com um grupo, R$ 70 mil para matar o sargento, mas a Polícia Civil, responsável pela investigação não confirma a informação de que houve pagamento. As investigações estão em andamento no 10º Distrito Policial, em Fortaleza.

O suspeito foi preso após perseguição policial no Bairro Mondubim, na periferia de Fortaleza. Ele dirigia um veículo com vidros blindados, segundo a Polícia Civil, e estava com tornozeleira eletrônica.




Homem flagrado com arma estava com tornozeleira eletrônica (Foto: Divulgação/Polícia Militar) 
FONTE: G1 CE



0 comentários :

Postar um comentário